O Sevilha venceu esta quinta-feira em casa o Athletic de Bilbau por 1-0, no encontro de encerramento da 25.ª jornada da Liga espanhola de futebol, e mantém-se na corrida ao título.

A equipa de Jorge Sampaoli passou a somar 55 pontos, contra 56 do Real Madrid, que empatou 3-3 na receção ao Las Palmas e tem menos um jogo disputado, e 57 do novo líder FC Barcelona, vencedor por 6-1 na receção ao Sporting de Gijón.

O único golo da partida foi marcado aos 14 minutos, quando Vicente Iborra ‘corrigiu’ a grande penalidade falhada pelo montenegrino Jovetic, que permitiu a defesa de Gorka Iraizoz.

A partir daí, o ascendente passou para o lado dos bascos, que assumiram o jogo, mas revelaram falta de acerto na hora de rematar, passando a somar cinco jogos consecutivos fora sem marcar em todas as competições.

Antes, o Atlético de Madrid visitou o Deportivo, num jogo que terminou empatado 1-1, graças a golos de Andone, para os homens da casa, e de Griezmann, para os visitantes, e que ficou marcado pelo choque entre Fernando Torres e Alex Bergantiños, que deixou o avançado dos ‘colchoneros’ inconsciente.

O jogador foi transportado para o hospital, onde ficará durante a noite em observação, embora o estado de saúde seja considerado “estável” e Torres, que sofreu uma traumatismo crânio-encefálico, já tenha recuperado a consciência.

O resultado deixa o Atlético, quarto classificado, mais longe dos três primeiros colocados, estando agora a 11 pontos do FC Barcelona, a 10 do Real Madrid e nove do Sevilha.

O ponto conquistado deixa a equipa da Corunha, que somou o oitavo encontro consecutivo sem ganhar, no 17.º posto, o primeiro acima da ‘linha de água’, com um total de 20, mais um do que o Granada, que é 18.º.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.