O Sevilha venceu hoje por 1-0 na visita ao Alavés, em jogo da quarta jornada da Liga espanhola de futebol, e, aproveitando o ‘deslize’ do Atlético de Madrid, isolou-se na liderança da prova.

Em Vitória, a formação comandada pelo antigo treinador do FC Porto Julen Lopetegui alcançou o triunfo graças a um livre direto exemplarmente cobrado por Joan Jordan, aos 37 minutos.

O Sevilha, que contou com o central português Daniel Carriço no ‘onze’, isolou-se no primeiro lugar do campeonato, com 10 pontos, mais um do que o Atlético de Madrid, segundo colocado, que no sábado foi derrotado pela Real Sociedad, por 2-0.

A outra equipa de Sevilha, o Bétis, não conseguiu melhor do que um empate 1-1 na receção ao Getafe, mas enfrentou uma contrariedade ao minuto 25, quando o internacional português William Carvalho viu o cartão vermelho direto, na sequência de um ‘carrinho’, a rasteirar o médio uruguaio Mauro Arambarri, que se isolava para a baliza andaluza.

O Getafe adiantou-se no marcador aos 15 minutos, na marcação de um penálti por Jaime Mata, mas o Bétis conseguiu restabelecer o empate através de outra grande penalidade, executada pelo veterano Joaquín, aos 73.

Surpreendente está a ser o início de campeonato do Granada, promovido à I Liga na época passada, que foi vencer em Vigo o Celta por 2-0, com o contributo de dois jogadores portugueses, o guarda-redes Rui Silva e o central Domingos Duarte, colocando-se no sexto lugar, com sete pontos, os mesmos do FC Barcelona, quinto, a apenas três do Sevilha.

Também no País Basco, o Espanyol operou a reviravolta no terreno do penúltimo classificado Eibar e conquistou a primeira vitória na Liga espanhola, por 2-1.

O experiente central Iván Ramis adiantou a formação da casa, aos 58 minutos, mas o avançado argentino Facundo Ferreyra, que está emprestado pelo Benfica, e o médio Esteban Granero deram o triunfo aos catalães, com golos aos 76 e 79 minutos, respetivamente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.