Rafael Van der Vaart, antigo internacional holandês, representou o Real Madrid entre 2008 e 2010 e chegou a ser colega de equipa de Cristiano Ronaldo nos 'merengues'. Agora, numa conversa com Peter Crouch, promovida pelo jornal britânico 'Daily Mail', o ex-jogador recordou esses tempos. Contudo, quando se referiu a CR7, contou uma história algo baralhada.

"Joguei com Cristiano Ronaldo. Lembro-me de um jogo que vencemos o Sporting Gijón em casa, por 6-0, e eu marquei um 'hat-trick', mas ele não marcou e foi todo chateado para o balneário! Normalmente, se fôssemos nós os dois [Van der Vaart e Crouch], sairíamos para beber umas cervejas!", sublinhou, em jeito de crítica ao português.

O problema é que, olhando para o passado, pouco na história do holandês não bate certo. A começar pelo resultado, que foi de 7-1 e não de 6-0. Van der Vaart apontou, de facto, três golos nesse jogo com o Sporting Gijón, disputado a 24 de setembro de 2008. Um laspo de memória que até passaria despercebido - afinal de contas foi há mais de dez anos e a diferença entre um 6-0 e um 7-1 nem é muita - mas o pior é que, nessa altura, Cristiano Ronaldo ainda jogava no Manchester United. É, portanto, natural que não tenha 'faturado' nesse jogo, e dificilmente terá ficado 'chateado' por isso...

Ronaldo só rumaria ao Real Madrid no final dessa temporda.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.