O Barcelona fez a sua melhor exibição desde que Quique Setién pegou na equipa, ao golear o Villarreal no La Cerâmica por 4-1, em encontro da 34.ª jornada da Liga Espanhola.

Os catalães fizeram uma grande exibição, num jogo onde podiam ter marcado oito golos ou mais.

Dos quatro tentos, destaque para o de Griezmann, o melhor da noite. Ainda na semana passada a imprensa espanhola falava de um mau ambiente entre o francês e Lionel Messi mas este golo não mostra nada disso: Messi recebeu a bola, entrou na área, deixou depois para Griezmann que fez um chapéu fantástico ao guarda-redes contrário. Os dois festejaram de forma efusiva.

A equipa catalã iniciou o jogo praticamente em vantagem, na sequência de um autogolo do central do Villarreal Pau Francisco Torres, ao tentar evitar que um cruzamento de Jordi Alba chegasse aos pés do francês Antoine Griezmann. A equipa da casa ainda conseguiu reagir e chegar ao empate, num lance de contra-ataque por Gerard Moreno, na recarga a um primeiro remate do companheiro Carzola, defendido pelo guarda-redes alemão Ter Stegen.

Com dois golos de vantagem ao intervalo, o FC Barcelona ficou com o jogo na mão para o poder gerir com a qualidade das suas individualidades e ainda chegaria ao quarto golo, aos 86 minutos, pelo espanhol naturalizado de origem guineense, Ansumane Fati.

Lionel Messi viu ainda o vídeoarbitro não sancionar um golo, aos 69 minutos, por alegado fora de jogo de Sergi Roberto.

Com este triunfo, o FC Barcelona soma 73 pontos e manteve o atraso de quatro pontos para o rival Real Madrid, que lidera o campeonato com 77, enquanto o Atlético Madrid segue na terceira posição, com 62, o Sevilha (menos um jogo), na quarta, com 57, e o Villarreal, na quinta, com 54.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.