O treinador italiano Vincenzo Montella foi hoje despedido do comando técnico da equipa de futebol do Sevilha, depois de já ter sido afastado esta temporada do AC Milan.

O treinador italiano, de 43 anos, não resistiu aos maus resultados, depois do Sevilha, que não vence um jogo desde 13 de março – com quatro empates e cinco derrotas -, ter perdido na noite de sexta-feira em casa do Levante (2-1).

“O Sevilha FC destituiu Vincenzo Montella, após a má série de resultados acumulados pela equipa, cuja última vitória foi em Old Trafford (1-2), em 13 de março. Desde então, o conjunto tem nove jogos sem ganhar, com cinco derrotas, a última esta sexta-feira, em Valência”, diz a nota do Sevilha.

O clube andaluz lembra que Montella assumiu a equipa no final de 2017, substituindo o argentino Eduardo Berizzo, e que fez 28 jogos, com 11 vitórias, sete empates e 10 derrotas.

O italiano, que esta época tinha sido afastado do AC Milan, devido igualmente a maus resultados, orientou o último jogo pela equipa milanesa em 26 de novembro, com o Torino (0-0), e estreou-se pelo Sevilha, frente ao Cádiz, em 03 de janeiro (2-0), na Taça do Rei.

Montella, que tinha contrato por época e meia, será substituído até final da temporada, por Joaquín Caparrós, segundo nota também do clube andaluz. É um regresso do treinador espanhol, que orientou a equipa entre 2001 e 2005.

“Terminará funções no final da época e de futuro ficará vinculado ao clube, em condições a determinar posteriormente, uma vez que se reorganize a estrutura desportiva do clube”, refere o Sevilha em relação a Caparrós.

A saída de Montella é a 13.ª de um treinador na atual edição de ‘La Liga’.

*Notícia atualizada às 18h08

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.