A Suíça, em desvantagem de dois golos ao quarto de hora, conseguiu hoje a reviravolta e bateu a Bélgica por 5-2, apurando-se assim para a 'final four' da Liga das Nações de futebol.

O benfiquista Haris Seferovic foi um dos destaques deste jogo em Lucerna, ao marcar três dos cinco golos dos helvéticos, terceira seleção a apurar-se para os jogos finais, depois de Portugal, no sábado, e Inglaterra, já hoje.

Thorgan Hazard, aos 02 e 17 minutos, marcou para a Bélgica e parecia ter dado uma 'machadada' num jogo que era prometedor, mas que a partir daí 'obrigava' os suíços a quatro golos.

De grande penalidade, Ricardo Rodriguez reduziu, aos 26, e Seferovic relançou a esperança, com golos aos 31 e 44, que levaram o jogo para o intervalo com 3-2 no marcador.

Os suíços passaram para a frente do grupo 2 aos 62 minutos, com o tento de Nico Elvedi, pelo que o 'tri' de Seferovic, aos 84, mais não fez do que confirmar o 'bilhete' para a 'final four', que se disputará no Porto e em Guimarães.

Mais cedo, em Wembley, a Inglaterra 'vingou-se' da Croácia, que a afastara no Mundial da Rússia.

Agora, os ingleses estiveram melhor e venceram por 2-1, com Harry Kane a ser a figura da partida, com uma assistência, aos 78 minutos (para Lingard), e um golo, aos 85.

Um 'balde de água fria' para a Espanha, neste grupo 4, que esperava por um empate neste jogo para se qualificar. Quanto à Croácia, desce à Liga B.

A última vaga para o quarteto final será dirimida entre França e Holanda, mas com os gauleses fora de campo. A Holanda precisa de ganhar ou empatar na Alemanha, na segunda-feira, o que chega para passar à frente dos atuais campeões do mundo, que já cumpriram todos os jogos.

Na Liga B, a Áustria ganhou por 2-1 à Irlanda do Norte. Um resultado que pouco 'aquece', já que os britânicos estavam relegados e os austríacos não vão subir de escalão.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.