Julian Draxler não esteve com rodeios e criticou o treinador Unai Emery e a direção liderada por Nasser Al-Khelaifi depois do afastamento do Paris Saint-Germain da Liga dos Campeões, após a derrota frente ao Real Madrid.

“O Real Madrid jogou tranquilamente e não estava nervoso. Nós passamos a bola, mas não podes ganhar apenas com isso. Era preciso pressionar o Real Madrid quando estás a perder por 1-3. Não chegam apenas fazer passes e esperar que o golo caia do céu. Merecemos ser eliminados. Este verão gastámos 400 milhões de euros e dissemos que era para mudar, mas no final não passamos nem desta ronda”, disse o médio em declarações à imprensa francesa.

O internacional alemão, que entrou na partida ao minuto 76 para o lugar de Di María, questionou também a estratégia adotada por Unai Emery no encontro com os ‘merengues’, depois do PSG ter perdido por 3-1 contra o Real Madrid na primeira mão da eliminatória.

“Sinceramente não entendi. Tínhamos acabado de empatar 1-1, mas esse resultado nada mudava e por isso pensei que seria melhor continuar a atacar. Mas não sei o que aconteceu. Fiquei surpreendido e chateado”, acrescentou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.