O Atlético Madrid garantiu um lugar nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, ao vencer na receção ao Lokomotiv Moscovo por 2-0, no jogo da 6.ª e última jornada do Grupo D. No outro jogo do grupo, a Juventus bateu o Bayer Leverkusen por 2-0, com Cristiano Ronaldo a marcar. Com estes resultados, o Benfica garante que é cabeça-de-série no sorteio da Liga Europa.

No Wanda Metropolitano, os 'colchoneros' precisavam de vencer o último colocado do grupo para garantir o apuramento, embora pudessem conseguir a qualificação com qualquer resultado, desde que o Bayern Leverkusen não vencesse a já apurada Juventus.

Foi um arranque demolodir da equipa de Diego Simeone, que teve a primeira grande oportunidade logo aos três minutos. João Félix foi derrubado na área, o árbitro húngaro Viktor Kassai marcou penalti. Chamado a bater, o inglês Kieran Trippier permitiu a defesa de Anton Kochenkov.

Mas seria da marca dos onze metros que os espanhóis haveriam de chegar a vantagem, agora com outro protagonista. João Félix que tinha ganho a primeira grande penalidade, assumu as responsabilidades e bateu o guarda-redes Kochenkov com um remate seco e colocado. O penalti nasce de uma bola na mão de Zhemaletdinov. Viktor Kassai foi alertado pelo VAR depois dos protestos dos da casa, foi ver o lance e marcou e apontou para a marca dos onze metros. Este foi o quarto golo do 'Golden Boy' de 2019 pelo Atlético Madrid, o segundo na 'Champions'.

O Atlético teve várias oportunidades para marcar. Ora eram os avançados a falhar, ora era Anton Kochenkov a brilhar. Morata ainda chegou a colocar a bola no fundo das redes aos 26 minutos mas o lance foi anulado por fora-de-jogo do avançado espanhol.

Na primeira parte só dava Atletico: tinha 77 por cento de posse de bola, nove remates contra zero dos russos, 225 passes contra apenas 51 do adversário, aos 38 minutos de jogo. Éder, titular, passou a maior parte do tempo no seu meio-campo a ajudar os companheiros.

Mais golos, só no segundo tempo. Aos 52 minutos, após canto estudado, Koke cruzou para a área onde apareceu o central Felipe a rematar de primeira, fazendo o 2-0. O ex-FC Porto estava só, ao primeiro poste. Koke, que fazia o jogo 400 sob o comando de Simeone no Atlético, festejava assim o feito com uma assistência de classe.

Cristiano Ronaldo 'afasta' aspirações do Bayer e 'ajuda' Benfica

No outro jogo do grupo, a Juventus foi até até a Alemanha vencer o Bayer Leverkusen e cimentar o primeiro lugar.

No BayArena, Cristiano Ronaldo fez o primeiro aos 75 minutos, a passe de Paulo Dybala. O argentino, que estava no banco, assistiu Gonzalo Higuain, aos 90 minutos, para o 2-0 final.

Para este jog, Maurizio Sarri fez descansar vários jogadores titulares, para dar minutos a atletas como Danilo, Mattia De Sciglio, Gianluigi Buffon. O ex-Sporting Demiral foi titular no centro da defesa, ao lado de Rugani.

Quem beneficia com este resultado é o Benfica que assim garante ser um dos quatro terceiro melhores colocados da fase de grupos da 'Champions', o que lhe garante ser cabeça-de-série no sorteio da Liga Europa, na próxima segunda-feira.

A Juventus termina este Grupo D com 16 pontos, seguido do Atlético Madrid com 10. O Bayer Leverkusen, com seis, segue para a Liga Europa, o Lokomotiv Moscovo, último com três pontos, despede-se das provas da UEFA.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.