O Barcelona visita esta quarta-feira o Slavia Praga na procura de uma vitória que lhe permita assumir a liderança isolada do grupo F da Liga dos Campeões, mas, para isso, terá de contar com a 'ajuda' do Borussia Dortmund.

A equipa alemã é atual líder do grupo, empatada em quatro pontos com o Barcelona, enquanto Inter Milão e Slavia Praga somam apenas um ponto cada.

Após um empate sem golos com o Borussia na Alemanha na estreia na competição, o Barcelona reencontrou o caminho das vitórias ao derrotar a Inter Milão por 2-1 na última rodada.

Os comandados do técnico Ernesto Valverde chegam a esta partida contra o 'lanterna vermelha' do grupo F animados pela vitória por 3-0 sobre o Eibar no fim de semana pelo Campeonato Espanhol, um resultado que permitiu a Messi e companhia assumirem a liderança da competição nacional, superando o rival Real Madrid na tabela.

A partida também serviu para mostrar que o atacante francês Antoine Griezmann, maior reforço para a nova temporada, está a começar a entrosar-se com os companheiros de ataque, Messi e Luis Suárez. Cada ponta do tridente ofensivo catalão anotou um golo na vitória frente ao Eibar.

Para Suárez, o duelo contra o Slavia Praga será uma nova oportunidade de acabar com a seca de golos fora de casa na Champions, um jejum que dura desde setembro de 2015 para o atacante uruguaio.

O Barcelona terá foco total para a partida contra a modesta equipa checa na Champions, já que o clássico contra o Real Madrid no Campeonato Espanhol, inicialmente agendado para o próximo sábado (28), foi adiado para 18 de dezembro devido às manifestações na Catalunha.

Apesar de ser a quarta força de um complicado grupo, o Slavia Praga aposta em mais uma boa atuação para surpreender outro gigante europeu. Na primeira ronda, os checos somaram o seu único ponto no Grupo ao segurar um empate contra o favorita Inter Milão.

Líder do seu campeonato doméstico com 11 vitórias, a última diante do Pribram por 3-1, o Slavia tem total consciência de que a partida desta quarta-feira será disputada a um outro nível.

Para o Slavia, que disputou a fase de grupos da Champions pela primeira vez em 2007-2008, a partida é um grande acontecimento. Para os adeptos, é a hipótese de ver Lionel Messi de perto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.