Com o jogo desta noite de terça-feira frente ao Leipzig, o Benfica dá início à décima Liga dos Campeões consecutiva.

Segundo dados da UEFA, reproduzidos na edição impressa desta terça-feira no jornal 'O Jogo', a prova tem-se revelado uma importante fonte de rendimento financeiro para as ‘águias’, com os prémios da prova milionária a representarem 36,8% dos lucros totais do clube desde 2010.

Esta época e ainda antes de entrar em campo, o Benfica já amealhou mais de 44 milhões de euros: 44 milhões pela entrada direta na fase de grupos mais 1,1 milhões ‘oferecidos’ pelo FC Porto depois da eliminação no playoff frente ao Krasnodar.

Com isto o Benfica tornou-se também o clube português que mais amealhou nos últimos dez anos: são mais de 253 milhões de euros. São mais 14 milhões que o que o FC Porto já amealhou até este ano. Os ‘dragões’ registam até agora ganhos de mais de 239 milhões de euros.

Ainda assim, os portistas detêm o recorde de maior encaixe numa época. Sérgio Conceição e a sua equipa levaram o FC Porto a ganhar mais de 78 milhões de euros na última época com a chegada aos quartos de final.

‘Águias’ e ‘dragões’ têm dividido entre si os campeonatos nos últimos anos e são, de resto, os que mais recebem em Portugal a uma distância de mais de 190 milhões quando comparado com o terceiro que mais lucrou com a Liga dos Campeões: o Sporting acumulou das passagens entre 2014 e 2018 mais de 58 milhões de euros.

O Sporting de Braga é o último dos portugueses na tabela dos ganhos: com as presenças em 2010/2011 e 2012/2013 ganhou quase 24 milhões de euros.

Os ganhos dos clubes portugueses na Champions
créditos: SAPO Desporto

O Benfica tem agora oportunidade para acumular mais ganhos, com cada vitória na fase de grupos da Champions a valer 2,7 milhões de euros e os empates 900 mil. As 'águias' vão procurar começar já a amealhar no jogo desta noite frente ao Leipzig.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.