Christophe Dugarry não gostou nada das palavras de Kylian Mbappé, depois de o jovem avançado saltar do banco e fazer um hat-trick em 30 minutos, na vitória do PSG sobre o Club Brugge na Bélgica por 5-0.

"Queria entrar de início. Pensei que seria titular. A decisão é do treinador e há que aceitá-la. Quis voltar a demonstrar que é difícil prescindir de mim". Esta foi a frase de Mbappé no final do jogo, que irritou o antigo internacional francês.

"Para mim, é uma estupidez. Esta frase incomoda-me. O resto da entrevista era perfeita porque fala sobre os companheiros, a equipa... Mas esta frase me envergonhou, talvez porque sou de outra geração e estou incomodado com o futebol de hoje em dia em que o coletivo não é a prioridade, em que se pensa mais em si mesmo. Isso é que me incomoda. Talvez para Kylian Mbappé seja um pouco difícil, mas é tão importante ser um bom homem como um grande jogador. Não estou a dizer que Mbappé não é boa pessoa, mas já fez várias declarações assim", recordou Dugay à Radio Monte Carlo.

Christophe Dugarry sublinhou ainda que a companhia de Neymar não está a fazer bem ao internacional francês. Para Dugary, Mbappé devia procurar outras amizades, sob pena de se perder na carreira.

"Creio que está a Neymarizar-se. Preferia que saísse com [Idrissa] Gueye, [Ander] Herrera ou Di Maria. É menos divertido, é mais divertido estar com Neymar, mas bem... Como disse, temo que o sonho acabe para este jovem, sinto que as coisas podem mudar", atirou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.