O Benfica recebe hoje o Lyon, no primeiro do duplo compromisso com os franceses no grupo G da Liga dos Campeões em futebol, num jogo em que as ‘águias’ estão praticamente obrigadas a ganhar. A competição tem sido um verdadeiro ‘pesadelo’ para os ‘encarnados’, apenas com duas vitórias em 14 jogos desde 2017/18 – com os gregos do AEK Atenas -, e que na atual época ainda não conseguiram qualquer ponto.

Nas duas jornadas anteriores, a equipa de Bruno Lage perdeu com os alemães do Leipzig, no Estádio da Luz por 2-1, e na visita ao Zenit em São Petersburgo, por 3-1, em desempenhos fracos da equipa. À entrada para a terceira jornada, o Benfica segue em último do grupo G, atrás de Zenit e Lyon, ambos com quatro pontos, e do Leipzig, com três, resultantes do triunfo na Luz na primeira jornada.

Os franceses estreiam na Liga dos Campeões o treinador Rudi Garcia, que na última jornada da ‘Ligue 1’, em que empatou em casa com o Dijon, substituiu o brasileiro Sylvinho, despedido face aos maus resultados no campeonato.

O Borussia Dortmund, com Mats Hummels em grande fase, desafia o Inter Milão esta quarta-feira pela terceira ronda da Liga dos Campeões, na qual o Liverpool visita o Genk na Bélgica e Ajax e Chelsea medem forças em Amsterdão. Afastado da seleção alemã e depois de passar muito tempo no banco do Bayern de Munique, Hummels parecia aproximar-se do fim da carreira na temporada passada. Mas, desde que voltou ao Borussia Dortmund, o central reencontrou o seu melhor futebol e muitos já pedem a sua volta à 'Mannschaft'.

A partida desta quarta-feira no estádio Giuseppe Meazza será de grande importância para alemães e italianos. O Borussia, Dortmund de Raphael Guerreiro, é o líder do grupo F da Champions com os mesmos quatro pontos do Barcelona, levando a melhor no saldo de golos. Vencer o Inter, terceira colocada com um ponto, aproximaria o Borussia dos oitavos de final.

O Inter do técnico Antonio Conte e do atacante Romelu Lukaku estão a ter um ótimo início de Campeonato Italiano, aparecendo na segunda posição, a um ponto da Juventus. Os 'Nerazzurri' tentarão vencer diante dos seus adeptos para ganhar confiança também a nível continental.

Já o Barcelona de Nelson Semedo viaja até a República Checa para enfrentar o Slavia Praga com o intuito de aproveitar o confronto contra a equipa mais modesta do grupo para assumir a liderança isolada. Para isso, também terá que torcer por um tropeção alemão em Milão.

No Grupo E, o atual campeão Liverpool, terceiro do Grupo com três pontos, viaja até a Bélgica para dar sequência à recuperação na Champions, depois da derrota na estreia diante do Nápoles, de Mário Rui. Os napolitanos, líderes isolados com quatro pontos, vão à Áustria para tentar distanciar-se do segundo colocado, o RB Salzburgo.

No grupo H, a partida de maior destaque será o duelo entre Ajax e Chelsea. Após vencer Lille e Valencia por 3-0, os holandeses, surpreendentes semifinalistas na temporada passada, querem dar um passo gigante rumo aos oitavos de final com um triunfo sobre os 'Blues' em casa. No outro jogo, o Lille, de José Fonte, Xeka, Tiago Djaló e Renato Sanches joga em casa com o Valência, de Thierry Correia e Gonçalo Guedes.

Jogos desta quarta-feira na Liga dos Campeões:

- Grupo E

Genk (BEL) - Liverpool (ING)

RB Salzburg (AUT) - Napoli (ITA)

- Grupo F

Slavia Praga (RTC) - Barcelona (ESP)

Inter de Milão (ITA) - Borussia Dortmund (ALE)
- Grupo G

RB Leipzig (ALE) - Zenit (RUS)

Benfica (POR) - Lyon (FRA)

- Grupo H

Ajax (HOL) - Chelsea (ING)

Lille (FRA) - Valencia CF (ESP)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.