A partida entre Lyon e Juventus terá tido um papel decisivo na propagação do coronavírus em terras francesas, aponta a imprensa daquele país esta sexta-feira.

Em declarações ao 'L´Equipe', o médico Marcel Garrigou-Grandchamp defendeu que aquele foi o "jogo-zero" na propagação do coronavírus em França.

"O encontro dos oitavos de final, a 26 de fevereiro, trouxe milhares de adeptos italianos e de outros locais para Lyon, tendo ajudado a espalhar o Covid-19. Esse jogo já não deveria ter acontecido", frisa o médico.

Recorde-se que também outras partidas, como o embate entre Atalanta e Valência, têm sido apontadas como tendo tido papel importante para a tragédia que está a acontecer na Lombardia, com milhares de mortes.

O PSG-Dortmund, a 11 de março, jogado à porta fechada mas que juntou inúmeros adeptos fora do Parque dos Príncipes para apoiarem as equipas durante o jogo da Champions, é outro dos jogos a quem é apontado o dedo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.