Pode-se dizer que o Ajax morreu na praia quando ontem Lucas Moura marcou nos últimos segundo do encontro o golo que colocou o Tottenham na final da Liga dos Campeões.

Após a partida, Erik Ten Hag, treinador do Ajax, falou num momento difícil de gerir para o clube holandês.

"Disse aos meus jogadores que ainda não tinha acabado, dava para ver na atitude dos jogadores do Tottenham e via-se que ainda acreditavam. Estávamos tão perto e merecíamos o apuramento, mas aquele último segundo", lamentou Ten Hag.

"Se o remate de Ziyech (com 2-2 no marcador) não fosse ao poste, teria sido a eliminação do Tottenham, acabava com o jogo, mas não é hora de culpar ninguém. Fizemos uma temporada incrível na Liga dos Campeões e crescemos muito como equipa, mas é difícil processar", confessa o técnico que esteve perto de levar o Ajax a nova final europeia, algo que já não acontece há 23 anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.