A expulsão de Cristiano Ronaldo no Mestalla na vitória da Juventus sobre o Valência ainda vai fazer correr muita tinta. O Melhor Jogador do Mundo recebeu vermelho direto pelo árbitro alemão Felix Brych, depois de alertado pelo seu árbitro auxiliar. No seu entendimento, Ronaldo terá empurrado e depois puxado o cabelo do defesa Murillo, jogador do Valência.

CR7 deixou o Mestalha em lágrimas, nesta que é a sua primeira expulsão em 154 jogos na prova milionária. Momentos depois, nas redes sociais, as irmãos do jogador madeirense contaram o que lhes na alma por ver o irmão ser expulso dessa forma.

"Vergonha no futebol... será feita justiça... querem destruir o meu irmão mas Deus nunca dorme ... Vergonhoso", escreveu Kátia Aveiro, a irmã mais nova do craque.

Também Elma, a mais velha das irmãs do craque português, mostrou-se indignada.

"Esta é a vergonha do futebol mas como Deus é justo e faz justiça, este menino há-de calar ainda muitas bocas. Infelizmente esta gente não pode ver o sucesso das pessoas mas mais vão ver e se calar. Esta dor há-de vos sair bem caro, vão ver", escreveu no Instagram.

Ronaldo entrou em picardias com Murillo, numa altura em que a bola não estava nessa zona e acabou por ver o cartão vermelho por suposta agressão, aos 29 minutos. Foi um dos assistentes do árbitro alemão a dar indicação para o vermelho direto.

Na jogada, em que a bola nem estava perto, dá para ver Ronaldo chocar-se com Murillo. O português foi pedir ao jogador 'ché' para se levantar, de que nada se teria passado, mas terá agarrado o cabelo do jogador colombiano. Terá sido essa ação que levou a sua expulsão.

O português abandonou o Mestalla em lágrimas.

Esta foi a primeira vez que o português foi expulso na sua carreira, em jogos da Liga dos Campeões, onde leva 154 jogos.

Veja as imagens da expulsão de Ronaldo

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.