O futebolista português João Félix reconheceu hoje que o Atlético de Madrid, “sofreu muito” frente ao Liverpool e que “teve de trabalhar até ao limite das forças” para passar aos quartos de final da Liga dos Campeões.

“Sofremos e trabalhámos muito, estamos todos muito cansados, mas esta luta valeu a pena”, desabafou o jogador português, em declarações ao canal espanhol Movistar Plus.

Félix destacou o papel decisivo do guarda-redes esloveno Jan Oblak no desfecho da eliminatória: “É muito seguro, ajuda-nos imenso e hoje esteve absolutamente fantástico e foi determinante para a nossa vitória”.

Sobre a sua assistência para o primeiro golo do Atlético de Madrid, que colocou a equipa na frente da eliminatória, desvalorizou-a ao afirmar que se "limitou a cumprir" o seu trabalho e que o "mérito maior" foi de Marcos Llorente que “fez o resto” e marcou “um grande golo”.

O Atlético Madrid apurou-se hoje para os quartos de final da Liga dos Campeões Europeus ao vencer o Liverpool em Anfield Road, por 3-2, após prolongamento, depois de já ter batido os ingleses na primeira mão, na capital espanhola, por 1-0.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.