O treinador do Liverpool, Jurgen Klopp, disse hoje não se considerar um perdedor ou azarento, depois de ter perdido duas finais da Liga dos Campeões de futebol, prova que pode conquistar no sábado, frente ao Tottenham.

Em 2012/13, Klopp perdeu a final da Liga dos Campeões, como técnico do Borussia Dortmund, para o Bayern de Munique, em 2015/16, já como treinador do Liverpool, foi derrotado na final da Liga Europa pelo Sevilha e na época passada perdeu a final da ‘Champions’ frente ao Real Madrid.

“Não me vejo como um perdedor. Se me visse como um perdedor todos tínhamos um problema. O que temos de fazer é ganhar agora, dar tudo o que temos, mas o que aconteceu no passado também me dá confiança. Não temos tido a sorte do nosso lado nas finais, mas há que trabalhar para que a sorte chegue”, disse Jurgen Klopp, que não considera que tenha uma carreira marcada pela infelicidade, até porque esta ainda está longe de chegar ao fim.

Klopp entende que existe uma história de amor entre si e o Liverpool e espera que esta prossiga nos próximos anos: “Este é o jogo mais importante do mundo a nível de clubes. Por isso estou tão feliz e de bom humor. Vai ser uma final intensa e bem jogada e estamos impacientes que comece”.

O técnico alemão rejeitou a condição de favorito que é atribuída ao Liverpool.

“Há quem diga que somos favoritos, porque somámos mais pontos na Liga inglesa, mas os jogos entre as duas equipas foram sempre equilibrados. Eu acredito que a vantagem está do nosso lado, Pochettino [treinador do Tottenham] dirá que a vantagem está do lado deles”, assumiu.

Klopp elogiou o trabalho do seu colega do Tottenham, considerando que a equipa de Londres deu “um salto de qualidade” desde a chegada do técnico argentino, e disse que tem “muito respeito” pelo seu trabalho, que tem sido “fabuloso” nestes últimos anos.

Em relação à final, o técnico alemão informou que Firmino está apto para jogar, mas não garantiu que seja titular: “Ele jogar de início é outra coisa, mas está pronto para jogar e em boa forma, como qualquer outro. Espero que nada lhe tenha acontecido desde que aterrou em Madrid”.

O avançado brasileiro está há um mês sem jogar devido a uma lesão muscular que o privou de alinhar na segunda mão das meias-finais da Liga dos Campeões frente ao FC Barcelona.

O Liverpool e o Tottenham disputam a final da Liga dos Campeões Europeus no próximo sábado, a partir das 20:00, no estadio Wanda Metropolitano, em Madrid.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.