A conferência de imprensa do jogo com Salzburgo não foi fácil para Jurgen Klopp. O técnico do Liverpool não gostou do trabalho do tradutor, que, ao que parece, não estava a fazer bem o seu trabalho, na tradução para alemão das respostas de Jordan Henderson, jogador que o acompanhou na antevisão do encontro com os austríacos, realizado na tarde de segunda-feira.

"É uma treta quando, ao lado do tradutor, se senta um treinador que fala alemão. A pergunta [para Jordan Henderson] era se a nossa forma do ano passado, com a qual vencemos a Liga dos Campeões, nos pode ajudar amanhã [n.d.r. terça-feira], pois sempre cumprimos em situações destas. Ele [Jordan Henderson] não disse que o jogo será fácil, somos conscientes do desafio. Está a dizer que é uma situação habitual", explicou Klopp ao tradutor, antes de lhe deixar um reparo.

"Devias ouvir, senão eu mesmo posso fazer a tradução. Não é assim tão difícil. Já estou em modo competição, posso garantir-vos", atirou o alemão de 52 anos.

Um empate chega para os campeões europeus seguirem para os oitavos-de-final mas, se perderem por 1-0, 2-1 ou por dois golos de diferença, ficam peço caminho.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.