O Bayern Munique, de Robert Lewandowski, e o FC Barcelona, de Lionel Messi, partem hoje em vantagem sobre Chelsea e Nápoles, respetivamente, para marcarem encontro sexta-feira em Lisboa, nos quartos de final da Liga dos Campeões em futebol.

Os bávaros recebem no Allianz Arena os ingleses, depois do triunfo por 3-0 em Stamdord Bridge, no ‘longínquo’ 25 de fevereiro, dia em que os catalães empataram 1-1 no San Paolo, ganhando uma vantagem que vão tentar confirmar em Nou Camp.

A formação germânica, que ganhou a ‘Bundesliga’ pela oitava vez consecutiva, mostrou-se ‘imparável’ desde a retoma do futebol, que parou quase três meses devido à pandemia de covid-19, com 11 vitórias em outros tantos encontros.

O ‘onze’ de Hans-Dieter Flick segue numa série de 17 triunfos consecutivos, depois do empate na receção ao Leipzig, em 09 de fevereiro, e já não perde um encontro desde 07 de dezembro de 2019, há oito meses, quando caiu por 2-1 em Mönchengladbach.

Mesmo sem competir oficialmente desde a vitória na final da Taça da Alemanha, em 04 de julho, face ao Bayer Leverkseun (4-2), os germânicos têm mais de ‘pé e meio’ em Lisboa, onde procuram o terceiro título na ‘era’ Champions, após 2001 e 2013.

Por seu lado, o Chelsea, que acabou da pior forma a época interna no sábado, com o desaire por 2-1 face ao vizinho Arsenal, na final da Taça de Inglaterra, irá tentar, pelo menos, conseguir um resultado aceitável.

O Bayern Munique deve selar o apuramento e ficar a conhecer o adversário no jogo do Estádio da Luz, em Lisboa, na sexta-feira, pois o mesmo sairá do confronto de hoje no Nou Camp, onde o FC Barcelona tem a seu favor o facto de ter marcado fora.

Apesar dos insucessos na ‘Champions’ nos últimos anos, o ‘Barça’ pode selar uma ‘estratosférica’ 13.ª presença consecutiva nos quartos de final, que já não falha desde que caiu nos ‘oitavos’ da edição de 2006/07.

Lionel Messi, melhor marcador e jogador com mais assistências da Liga espanhola de 2019/20, é a incontornável grande arma dos catalães, face a um Nápoles que tem Lorenzo Insigne em dúvida e que nunca chegou aos ‘quartos’ da prova.

Caso se confirme o duelo entre Bayern e FC Barcelona na Luz, em 14 de agosto, pelas 20:00, será um reencontro, cinco anos depois do embate das meias-finais da edição 2014/15: os catalães ganharam em casa por 3-0, com exibição soberba de Messi, e, depois, perderam 3-2 na Alemanha. Bateriam na final a Juventus.

Na sexta-feira, o ‘bis’ do avançado português Cristiano Ronaldo permitiu à Juventus vencer o Lyon por 2-1, mas foi insuficiente para apurar os italianos para os ‘quartos’, depois da derrota por 1-0 em França, enquanto o Manchester City repetiu em casa o triunfo por 2-1 sobre o Real Madrid que tinha alcançado na primeira mão, em Espanha.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.