Fernando Llorente viu uma noite de sonho em Manchester. O avançado espanhol começou o jogo frente ao City no banco de suplentes, mas entrou em campo para o lugar de Sissoko e marcou o golo que permitiu ao Tottenham passar às meias-finais da Liga dos Campeões.

"Estava com medo, pensei que me iam anular o golo. Sabia que a bola me tinha tocado no corpo e na mão, embora a tivesse presa. Assim como quando foi o golo de Sterling, olhei para os meus colegas no solo e de repente percebemos que era fora de jogo. Parecia um filme!", disse o internacional espanhol, antes de falar da sua entrada em campo para substituir o lesionado Sissoko, salientando que foi o "destino"

"Era o jogador do banco de suplentes que tinha mais experiência e creio que foi obra do destino, porque perdi a final de 2015 frente ao Barcelona e acredito em segundas oportunidades", atirou.

O Tottenham defronta agora o Ajax nas meias-finais da competição e Llorente espera dois jogos complicados.

"Vamos ter de jogar muito bem. O Ajax pratica um futebol incrível, atravessam um momento espetacular e estão muito confiantes", concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.