Luís Filipe Vieira assumiu que a derrota do Benfica frente ao Zenit não era o resultado que os campeões nacionais procuravam. Em declarações aos jornalistas em São Petersburgo, o líder 'encarnado' pediu união para dar a volta a situação na prova milionária.

"Qualquer benfiquista deve estar super descontente e chateado, para não dizer que estamos bastante tristes. Mas no balneário é expressamente proibido pensar que estamos derrotados. Vamos lutar até aos limites daquilo que acreditamos que somos capazes de fazer. Acreditamos nos jogadores que temos, e que vamos alcançar os nossos objetivos. Apareço nas derrotas e digo que estas alturas são difíceis de digerir, pois vivemos o Benfica intensamente, mas é preciso estarmos unidos e não darmos tiros para o ar. Aqui trabalha-se com muito profissionalismo. Queremos estar na Europa, e de certeza que, com este plantel, vamos dar a resposta desejada", garantiu aos jornalistas na zona mista do Zenit Arena.

O presidente do Benfica aproveitou para pedir a união de todos os benfiquistas.

"É importante estarmos unidos e não mandar tiros para o ar, que neste clube não se pode mandar tiros para o ar. Nunca descurámos esta prova, com o plantel que temos vamos dar respostas concretas. Estamos tristes para não dizer que estamos envergonhados, mas temos de levantar a cara. Estamos no caminho certo. É um grupo equilibrado e temos qualidade e força para discutir todos os resultados em qualquer campo", terminou.

O Benfica sofreu, esta quarta-feira, a segunda derrota em dois jogos no Grupo F da Liga dos Campeões em futebol, ao perder por 3-1 com o Zenit, em encontro disputado em São Petersburgo. Dzyuba, aos 22 minutos, Rúben Dias, aos 70, na própria baliza, e o iraniano Azmoun, aos 78, apontaram os tentos dos campeões russos, enquanto, aos 85, o espanhol Raúl de Tomás estreou-se, finalmente, a marcar pelos ‘encarnados’.

Na classificação, o Zenit e o Lyon, que venceu por 2-0 em Leipzig, partilham a liderança, com quatro pontos, contra três dos alemães e nenhum do ‘onze’ de Bruno Lage.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.