José Manuel Capristano, antigo dirigente do Benfica, mostrou-se desiludido com a derrota em Lyon, que complica as contas do clube na Liga dos Campeões, e defende a contratação de "dois ou três craques" para dar às águias a tão falada dimensão europeia.

"Para criar um Benfica com dimensão europeia é preciso juntar dois ou três craques à juventude do Seixal», afirmou Capristano à Rádio Renascença, recordando que "nos dois anos que Jorge Jesus levou o Benfica a duas finais europeias tinha jogadores muito experientes".

Nesse sentido, o ex-dirigente dos encarnados defende um maior investimento no mercado de janeiro, mas com jogadores que "entrem de caras na primeira equipa". "Tenho dúvidas que haja jogadores disponíveis, mas tenho toda a confiança que o Rui Costa pode encontrar um desses jogadores", sublinha.

Apesar da má campanha na Champions, Capristano faz um apelo aos adeptos "para que estejam unidos em vez de colocarem tudo em causa", frisando que "não há ninguém que queira mais as vitórias do que o treinador e o presidente".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.