O Lille não entrou da melhor maneira na fase de grupos da Liga dos Campeões e perdeu em Amesterdão frente ao Ajax por 3-0.

O jogo ficou marcado por um momento mais quente entre Renato Sanches e André Onana, ainda na primeira parte. O português sofreu uma falta mais dura de Nicolás Tagliafico e reagiu de forma algo intempestiva, derrubando o adversário, situação que levou Onana a correr para pedir satisfações ao médio do Lille.

No final da partida, o guarda-redes dos holandeses explicou o sucedido e admitiu que quis "matar" o ex-Benfica.

"O futebol é emoção. Quando vi o Nico a ser atirado ao chão, apeteceu-me matar Renato Sanches, por assim dizer. Por vezes, essas coisas acontecem. Em alguns momentos não pensamos. Admito que cometi um erro", disse.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.