Cristiano Ronaldo, quem mais, foi figura de proa na vitória desta terça-feira da Juventus sobre o Atlético de Madrid, em jogo da segunda-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. O internacional português marcou por três vezes e enviou a equipa de Turim para a próxima fase da competição.

Depois da derrota por 2-0 na primeira-mão, em Madrid, a Juventus precisava fazer pela vida. A 'Vecchia Signora' entrou pressionante à procura do golo que reduzisse a desvantagem na eliminatória. E a bola até começou por entrar bem cedo na baliza defendida por Jan Oblak. Aos quatro minutos, Mandzukic conseguiu marcar, mas o lance acabaria por ser anulado por falta de Ronaldo sobre o guardião dos 'colchoneros'.

Mas o inevitável craque português acabaria mesmo por marcar a uma das suas vítimas preferidas aos 27 minutos. Bernardeschi fez o cruzamento e Ronaldo saltou mais alto do que toda a gente para cabecear para o fundo das redes de Oblak, marcando o seu 23.º golo contra os 'colchoneros'.

A Juventus continuou com um ritmo muito frenético no final do primeiro tempo à procura de fazer o empate na eliminatória nos primeiros 45 minutos de jogo, mas a igualdade na eliminatória acabaria por surgir já no segundo tempo novamente por Cristiano Ronaldo e também com João Cancelo à mistura.

Aos 49 minutos, o lateral-direito luso tirou o cruzamento e Ronaldo foi mais forte no ar, bisando na partida. Oblak ainda defendeu mas a tecnologia da linha de golo confirmou mesmo o bis do craque português.

Cristiano Ronaldo deu a machadada final na partida e na eliminatória aos 85 minutos. Correa fez falta sobre Bernardeschi dentro da área e o árbitro Björn Kuipers apontou prontamente para a marca da grande penalidade. O português não tremeu e fez o seu quarto hat-trick frente ao Atlético de Madrid.

A vitória em Turim marca também um registo histórico para a Juventus. É que a 'Vecchia Signora' nunca tinha virado uma derrota por 2-0 num jogo por eliminatórias. Ronaldo também entrou para a história ao tornar-se no primeiro jogador a marcar 125 golos numa competição de clubes da UEFA.

Cristiano Ronaldo passou a contar 25 golos em 33 jogos com o Atlético de Madrid e 124 na Liga dos Campeões, em 159 encontros, reforçando o estatuto de melhor marcador da história da competição.

A Juventus, que só venceu por duas vezes a prova (1984/85 e 1995/96), junta-se nos quartos de final a FC Porto, Tottenham, Ajax, Manchester United e Manchester City.

O sorteio dos quartos de final e das meias-finais da Liga dos Campeões está marcado para a próxima sexta-feira às 11h00 em Nyon, na Suíça.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.