O Tottenham visita esta terça-feira o terreno do Leipzig na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, na tentativa de virar a desvantagem de 1-0 trazida da partida da primeira mão, em sua casa.

A atravessar um período complicado a nível de resultados (e a contas com muitas lesões), a formação de José Mourinho empatou, sábado, a um golo no terreno do Burnley. Antes, a meio da passada semana, tinha visto o sonho da Taça de Inglaterra cair por terra ante o Norwich, ao perder no seu estádio no desempate por pontapés da marca de grande penalidade.

Na pior série de resultados da temporada

Feitas as contas, o Tottenham não ganhou nenhum dos últimos cinco jogos (dois empates, três derrotas). Não só é a pior série de resultados de Mourinho desde que assumiu o leme da equipa londrina, como é mesmo a pior série dos 'Spurs' na presente época, incluindo o período em que foram ainda orientados por Mauricio Pochettino.

Uma eliminação na Liga dos Campeões nestes oitavos de final significará, por um lado, o adeus a mais uma competição - depois do adeus à Taça de Inglaterra e Taça da Liga, e com a equipa no 8.º posto da Premier League - e um retrocesso em relação aos desempenhos do clube nas últimas edições da mais importante prova europeia de clubes. Sob as ordens de Mauricio Pochettino, o Tottenham foi sempre além dos oitavos de final nas últimas três temporadas e, na temporada passada, atingiu mesmo a final.

Bergwijn junta-se ao rol de lesionados dos 'Spurs'

Para estes resultados menos conseguidos terá contribuído a onda de lesões que assolou a equipa. O reforço de janeiro, Steven Bergwijn, é só o mais recente 'cliente' do departamento médico do clube e o próprio Mourinho já admitiu que este não deverá voltar a jogar esta temporada. O holandês junta-se, assim, no rol de lesionados, a Harry Kane, Son, Sissoko, Foyth e Davies.

O treinador português já por várias vezes se queixou da falta de recursos à sua disposição, chegando a afirmar que ansiava já pelo final da temporada.

Empolgante Leipzig em busca de (mais) História

Do lado do Leipzig, o cenário é mais risonho, ainda que a formação alemã - uma das adversárias do Benfica na fase de grupos - não esteja também a apresentar o mesmo fulgor que já apresentou noutras fases da temporada. Um empate no passado fim de semana viu a equipa cair para o terceiro lugar de uma Bundesliga que liderou durante várias jornadas.

LC: Mourinho obrigado a vencer na Alemanha, Félix tenta eliminar campeões
LC: Mourinho obrigado a vencer na Alemanha, Félix tenta eliminar campeões
Ver artigo

Mas o futebol da equipa - sob as ordens do jovem Julian Nagelsmann, que chegou a ser falado como opção para orientar o Tottenham antes do clube londrino escolher Mourinho - continua a empolgar, sobretudo a nível ofensivo. Ao todo, no conjunto de todas as competições, esta temporada o Leipzig já marcou 83 golos em 35 jogos.

O conjunto alemão está na sua segunda participação de sempre na Liga dos Campeões. Esta época já fez história ao ultrapassar pela primeira vez a fase de grupos e, agora, encontra-se em boa posição para continuar na senda de novos recordes com uma presença nos quartos de final da mais importante competição europeia de clubes.

Um dos poucos jogos não afetados pelo Covid-19

No meio de tantos eventos desportivos e tantos jogos das competições europeias - incluindo da Liga dos Campeões - afetados pelo surto do coronavírus Covid-19, este encontro parece um oásis no deserto. A partida vai decorrer à porta aberta e a única restrição será a dos cumprimentos formais e apertos de mão antes do apito inicial, suspensos temporariamente pela UEFA.

A partida vai ser disputada à porta aberta, pelo que quer os adeptos de RB Leipzig, quer os adeptos do Tottenham Hotspur poderão assistir ao vivo ao encontro, anunciaram esta segunda-feira as autoridades alemãs.

"A decisão diz respeito apenas a este jogo", acrescentou um porta-voz do Leipzig Matthias em declarações à AFP.

O que dizem os treinadores

Julian Nagelsmann, treinador do Leipzig: "Qualquer jogador que não vá além dos seus limites [num jogo como este] não tem o que é necessário para ser um profissional. Esperamos fazer uma exibição semelhante à que fizemos em Londres. Ter um bom guarda-redes é sempre importante. Quando duas boas equipas se enfrentam, há poucas ocasiões de golo. Estou muito feliz por ter o Péter [Gulácsi], mas não estou tão tanto por o Tottenham ter o Hugo Lloris, porque ele é também um grande guarda-redes. "

José Mourinho, treinador do Tottenham: "Não temos os nossos predadores, aqueles jogadores que cheiram o sangue na área e que marcam quando a ocasião aparece. Portanto, mesmo quando dominamos, é difícil marcar muitos golos. Defensivamente, sentimos essa pressão e sempre que cometemos um erro, parece que somos castigados. Os jogadores não são idiotas e entendem todas estas fragilidades. Não as escondemos deles. Temos de estar juntos nesta altura, ter um desempenho individual fantástico de todos os jogadores de forma a termos um sólido desempenho coletivo. Acredito nos meus jogadores e acho que o podemos fazer. "

Equipas prováveis

Leipzig: Gulácsi; Klostermann, Upamecano, Halstenberg; Adams, Laimer, Sabitzer, Angeliño; Werner, Schick, Nkunku
De fora: Orban (joelho)
Em dúvida: Kampl (tornozelo), Konaté (músculo da coxa), Werner (coxa)

Tottenham: Lloris, Aurier, Alderweireld, Sánchez, Dier, Vertonghen; Winks, Lo Celso; Lamela, Moura, Alli
De fora: Kane (músculo da coxa), Son (braço), Sissoko (joelho), Foyth (coxa), Bergwijn (tornozelo), Davies (coxa)
Em risco de suspensão: Lo Celso

O encontro tem início marcado para as 20h00 desta terça-feira, na RB Arena, em Leipzig.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.