A UEFA desmentiu que o Estádio Giuseppe Meazza, em Milão, seja o palco da final da Liga dos Campeões em futebol em 2016, como referiu hoje o presidente da Federação Italiana, Giancarlo Abete.
«Face às notícias que surgiram em alguns meios de comunicação de que o Estádio Giuseppe Meazza será a sede da final da Liga dos Campeões em 2016, a UEFA deseja clarificar que não tomou nenhuma decisão e que não há nenhuma escolha», disse o organismo, em comunicado.
Giancarlo Abete disse que esta noite haverá futebol autêntico entre Itália e Alemanha, tal como será o que se poderá ver «em 2016, quando Milão e o estádio Meazza acolherem a final da Liga dos Campeões».
A informação havia sido avançada pelo dirigente italiano ao jornal La Gazzeta dello Sport, no seguimento do comentário que fez ao particular desta noite entre italianos e alemães.
O Comité executivo da UEFA apenas decidirá qual o estádio que acolherá a final da edição de 2015/16 em abril, num processo em que Milão é apenas mais uma das cidades candidatas.
A edição de 2014, correspondente a esta época, será no Estádio da Luz, em Lisboa, e a de 2015 no Estádio Olímpico de Berlim.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.