Sérgio Conceição, em declarações à Sport TV após a derrota na Escócia, confessou que a atuação do FC Porto na Liga Europa está aquém das expectativas.

O jogo

"Tivemos algumas situações na primeira parte, perto da grande área, em que devíamos de ter sido mais incisivos no último terço, em zona de finalização. Foi um jogo muito equilibrado na primeira parte, sem grandes oportunidades de parte a parte. De qualquer das maneiras, sentíamos que estávamos confortáveis no jogo, até para depois arriscarmos na segunda parte. Depois aconteceu a lesão do Pepe que veio destabilizar aquilo que era a linha defensiva e a estratégia planeada para o jogo. Mesmo assim, tivemos situações em que podíamos, junto do guarda redes adversário ter rematado com convicção, não esperar tanto tempo. Tivemos a situação da bola na mão que me parece ser penalti e na jogada a seguir sofremos o golo. Penso que isso galvanizou o adversário, intranquilizou a equipa, o segundo golo aparece, não havia nada a fazer. Temos quatro pontos, os adversários têm sete pontos, há que ganhar os dois próximos jogos, dependemos só de nós. Temos de preparar a seu tempo a Liga Europa, porque agora temos de pensar no jogo do Bessa"

Uso de três centrais

"Quando perdemos 2-0 a estratégia nunca é boa. O treinador é o culpado. Pretendia que houve segurança no corredor central, porque os alas do Rangers jogam muito perto do avançado. Pretendia quebrar a dinâmica do adversário naquilo que é a largura, tendo dois jogadores abertos"

FC Porto aquém das expectativas

"Está, está, está. Temos quatro pontos, claro que está"

*Artigo atualizado às 22:30

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.