O Sporting qualificou-se esta quinta-feira para os 16 avos de final da Liga Europa de futebol, ao golear 4-0 na receção aos holandeses do PSV Eindhoven, em jogo da quinta jornada do grupo D.

Consciente de que o triunfo lhe garantia o apuramento, a equipa portuguesa entrou forte no encontro e, aos 16 minutos, já vencia por 2-0, com golos de Luiz Phellype (09) e Bruno Fernandes (16), tendo Mathieu (42) e novamente Bruno Fernadnes (64), de grande penalidade, conferido a goleada 'leonina'.

Com este triunfo, o Sporting manteve o comando do grupo com 12 pontos, garantindo já o apuramento para os 16 avos de final, mais dois pontos do que os austríacos do LASK Linz, que hoje venceram na Noruega o Rosenborg por 2-1 e também asseguraram a presença na fase seguinte.

O Sporting vai à Áustria na última jornada discutir o primeiro lugar do grupo, sendo que o empate basta aos 'leões'.

As equipas

Perante a indisponibilidade de Coates, Ilori juntou-se a Mathieu no centro da defesa. Wendel foi aposta de Silas no onze dos leões, depois de ter estado afastado da equipa por razões disciplinares. Maximiano foi ser o guarda-redes, com a lesão de Renan.

Onze do Sporting: Maximiano; Rosier, Ilori, Mathieu, Acuña; Doumbia, Wendel e Bruno Fernandes; Bolasie, Luiz Phellype e Vietto.

Onze do PSV: Unnerstall; Dumfries, Viergever, Baumgartl, Sadilek; Ihattaren, Rosario, Hendrix, Bruma; Malen e Bergwijn

O jogo: Um sonho tornado realidade

O Sporting entrou bem no jogo, com vontade de ganhar e de olhos postos no apuramento para os 16 avos da Liga Europa. Em quinze minutos, os leões marcaram dois golos por Luiz Phellype e Bruno Fernandes e deixaram os holandeses do PSV Eindhoven 'atordoados'.

Os leões arrancaram com grande eficácia e aos 30 minutos já levavam três remates enquadrados, dois deles resultaram em golo. Com o decorrer do encontro, os homens do PSV Eindhoven foram ganhando espaço e descobrindo formas de 'incomodar' a baliza do Sporting, mas sem sucesso.

Já perto do final da primeira parte, os leões ainda aumentaram a vantagem, por Jérémy Mathieu e seguiram assim para intervalo com uma confortável vantagem e muito perto de seguir para a próxima fase da competição. A primeira parte mostrou uma equipa do Sporting muito segura com muita intensidade e dedicada a aproveitar todas as oportunidades.

Na segunda parte, o PSV Eindhoven entrou com força, mas mesmo assim não foi o suficiente para abalar o domínio 'verde e branco'. O Sporting continuava de queixo erguido e decidido a aumentar a vantagem, o que acabaria mesmo por acontecer por Bruno Fernandes através de uma grande penalidade.

Os segundos 45 minutos não foram tão bons como os primeiros, nem deram tantas emoções aos adeptos sportinguistas presentes no Estádio de Alvalade, mas a equipa foi bastante competente e conseguiu o objetivo que interessava: seguir em frente na Liga Europa.

Sem dificuldades e trocar a bola com grande confiança, o Sporting conseguiu sair a jogar pelo corredor central e chegar com bastante facilidade ao último terço do campo holandês. Esta foi a primeira goleada do Sporting desde que Jorge Silas assumiu o comando da equipa e foi ainda uma das melhores exibições da temporada 2019/2020, até ao momento.

O Sporting está assim apurado para os 16 avos de final da Liga Europa pela 10ª vez na sua história, a 5ª consecutiva.

O momento

O jogo estava muito bem encaminhado no final da primeira parte, com a vantagem de dois golos, mas o tento de Jérémy Mathieu trouxe um descanso ainda maior à equipa do Sporting e 'empurrou' os leões para uma segunda parte sem problemas.

O melhor

Já não há muito a dizer sobre o sujeito do costume. Em quatro golos do Sporting, Bruno Fernandes 'meteu o pé' em todos eles. Além dos dois golos assinados pelo capitão leonino, o número 8 assistiu ainda para os golos de Luiz Phellype e Mathieu.

O pior

A vitória desta quinta-feira deve-se inteiramente ao mérito do Sporting, mas do outro lado houve bastante demérito do PSV, que esteve perdido todo o encontro e não teve capacidade de 'quebrar' a ofensiva leonina. Em destaque, pela negativa, esteve o guarda-redes Unnerstall, embora todo o setor defensivo dos holandeses tenha 'culpas no cartório'.

As reações

Emanuel Ferro: "Hoje aconteceram coisas boas: entrámos bem no jogo, marcámos cedo e não sofremos golo"

Bruno Fernandes participou em 100 golos do Sporting: "Fico feliz por fazer o que mais gosto"

Bruma: "Assobios? Ainda estão magoados mas, pelo menos, não saí a custo zero"

Luís Maximiano e as comparações com Patrício: "Ainda hoje falei com ele mas quero trilhar o meu caminho"

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.