Depois das muitas nuvens negras que pairaram por Alvalade nos últimos tempos, estas parecem estar a dissipar-se a pouco a pouco. Para isso, nada melhor do que os resultados. A equipa de José Peseiro respira confiança e dá mostras de um cada vez maior entrosamento. Decerto que a equipa do Qarabag, com as suas fragilidades, não foi um verdadeiro teste para a equipa de José Peseiro. O duelo em Braga promete ser uma embate mais desafiante para os leões, e é já na próxima segunda-feira.

Registo quase sem mácula

Em seis encontros, repartidos pela Taça da Liga, Liga Europa e Campeonato, o Sporting soma cinco triunfos e um empate. A 'procissão ainda vai no adro', mas é um início animador.

Renascimento pelas alas

Num 'quase' regresso às origens, o Sporting tem canalizado muito do seu jogo através dos seus extremos e está a colher frutos disso mesmo. Desde Raphinha, a Nani passando por Jovane. - Que dizer dos golos de Raphinha e Jovane nesta noite europeia - Com a ausência de Bas Dost, o Sporting tem um homem com menos golo na frente, Montero.  Mas que também que outros jogadores surjam na zona de finalização. Quem tem tirado partido dessa situação são os extremos e quem ganha é o Sporting.

Eficácia notória

Em três remates enquadrados com a baliza, o Sporting acabou por apontar dois golos. A equipa de José Peseiro foi letal nas ocasiões flagrantes de que dispôs.

Momento

Golo leonino acabou por ser o desbloqueador. Ao minuto 54, o Sporting conseguiu chegar ao golo, numa altura em que o Qarabag já se preparava para segurar o empate.

Melhores

Raphinha

Pelo o que fez: Um golo e uma assistência, foi o melhor jogador do lado do Sporting. O extremo de 21 anos, que chegou neste defeso, proveniente do V. Guimarães, é cada vez mais uma pedra fulcral na equipa do Sporting. Ainda contabilizou cinco desarmes e dois bloqueios de passe.

Gudelj

Boa entrada do jogador sérvio no onze titular. Forte na posse e rectilíneo no passe promete fazer estragos nas equipas adversárias nesta temporada.

Mathieu

Foi um autêntico patrão na defesa, ofuscando uma exibição menos inspirada de Coates. Fantástica a forma como sai com a bola controlada. Envolveu-se em algumas jogadas de ataque e foi dele o único lance de perigo do Sporting na primeira parte, na marcação de um livre que Vagner defendeu com classe. Viveu um momento menos bom, depois de ter saído por lesão ao minuto 75.

Jovane Cabral

Que melhor entrada se pode ter... ainda por cima a estreia a marcar nas competições europeias pelo Sporting. O jovem extremo entrou ao minuto 87 e um minuto depois chegou ao golo. É cada vez mais uma certeza em Alvalade.

Vagner

O guardião do Qarabag adiou o golo do Sporting com um punhado de boas intervenções. Nada pôde fazer nos golos de Jovane e Raphinha.

Reações

Battaglia: "Valeu a pena voltar ao Sporting. Nunca quis sair deste clube"

Peseiro: "Pressão de vencer a Liga Europa? O bom de estar no Sporting é sentir a responsabilidade de vencer"

Treinador do Qarabag: "Quero dar os parabéns ao Sporting"

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.