A 18 de maio de 2011, há precisamente nove anos, o FC Porto festejava a conquista da Liga Europa depois de uma final 100% portuguesa, na qual bateu o Sporting de Braga.

2011 foi um ano em grande para o Dragão que, depois de ter conquistado a Supertaça, o campeonato português sem derrotas e reservado um lugar no Jamor na Final da Taça de Portugal (que também acabaria por vencer), deixou a sua marca de fogo na Arena de Dublin, na Irlanda.

Foi necessário apenas um golo para levantar o tão ansiado troféu, cobiçado pelos Dragões desde o início de temporada, graças ao talento de dois colombianos: o assistente Guarín e o goleador Falcao.

O único golo apontado teve a autoria do melhor marcador da prova naquele ano, o colombiano Falcao, que aos 44 minutos apontou o seu 17º golo. O médio Guarín fez um cruzamento longo para o coração da área bracarense e “El Tigre” cabeceou fora do alcance do guardião dos minhotos, fazendo mexer o marcador na Arena de Dublin.

Até ao apito final, os cerca de 45 mil espectadores não assistiram a mais golos na Arena de Dublin, mas viram a equipa azul e branca erguer o troféu da Liga Europa, sucedendo aos espanhóis do Atlético de Madrid.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.