Eden Hazard voltou a estar em destaque no Chelsea, que nesta quinta-feira se qualificou para a final da Liga Europa. O belga assistiu Loftus-Cheek para o golo dos 'blues' e a marcou o penálti decisivo no desempate na marca dos 11 metros.

Após o encontro, o internacional belga reconheceu que a equipa entrou em falso na segunda parte, e voltou a falar sobre o futuro, deixando a porta de saída entreaberta.

"Eu assumo sempre a responsabilidade quando tenho de o fazer. Hoje estamos contentes com o apuramento para a final, mas ainda não ganhámos nada e vamos ter um jogo difícil contra o Arsenal. Hoje, como tem acontecido sempre esta época, voltámos a entrar mal e a sofrer nos primeiros minutos da segunda parte", começou por dizer Hazard.

"Não penso muito nisso [na continuidade]. Só penso em ganhar algo com este clube. Se esse jogo [final da Liga Europa] for o meu último jogo, vou fazer tudo para ganhar o troféu. Na minha cabeça ainda não está claro se vai ser o meu último jogo", concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.