O Sporting venceu, esta quinta-feira, o Astana por 3-1 em jogo da primeira mão dos 16 avos de final da Liga, disputado no relvado sintético do estádio da capital do Cazaquistão. Os Leões, bem encaminhados na eliminatória, recebem os cazaques daqui a um semana, em Alvalade. O problema para o Sporting até poderia ter sido o relvado sintético, mas não o foi, graças a um bom início na segunda parte.

Com Bas Dost lesionado e Mathieu de fora por opção, o treinador Jorge Jesus optou por juntar Bryan Ruiz e Acuña no duelo que prometia ser bem complicado, o que acabou por ser comprovado no primeiro tempo. Além das ausências de dois dos habituais titulares, o clube de Alvalade teve que viajar mais de 6.000 quilómetros para chegar a Astana, onde encontrou temperaturas a rondar os 20 graus negativos. O Astana Arena foi fechado e com a temperatura controlada.

A equipa da casa surpreendeu a equipa lisboeta com um golo bem cedo, por intermédio de Marin Tomasov, aos sete minutos, beneficiando de uma desatenção da defesa do Sporting.

Já perto do apito para o intervalo, o árbitro anulou um golo ao Sporting. Num pontapé de canto de Bruno Fernandes, Coates cabeceou, mas Eric defendeu. Na recarga, Doumbia colocou mesmo a bola na baliza, mas o francês Ruddy Buquet entendeu que houve falta antes.

Mesmo antes do intervalo, houve outro golo anulado, desta vez para o Astana, por fora de jogo de Anicic.

O início do segundo tempo em Astana foi frenético: Três golos do Sporting em sete minutos. Primeiro foi Bruno Fernandes (um dos melhores em campo esta tarde) na conversão de uma grande penalidade, procedida por uma bola na mão de Logvinenko; seguindo-se um golo habilidoso de Gelson Martins, que passou a bola entre as pernas do guarda-redes; e por fim Doumbia a dar o melhor seguimento à jogada entre Acuña e Bruno Fernandes.

Aos 62 minutos, Logvinenko fez falta sobre Montero e viu o segundo amarelo, deixando o Astana reduzido a 10 unidades.

Com este triunfo, os Leões conseguiram ainda vencer pela primeira vez fora, quebrando uma série de 54 jogos sem somar qualquer triunfo em competições europeias.

O Sporting parte em vantagem quando receber, na próxima quinta-feira, às 18 horas, os cazaques em Alvalade na segunda mão desta eliminatória.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.