Na semana passada, Silas foi anunciado como o novo treinador do Sporting. No entanto, a sua contratação tem estado envolta em polémica. Em causa está o facto de Silas ainda não ter o nível exigido para orientar na I Liga - é necessário o nível 4, enquanto o ex-técnico do Belenenses SAD tem o 3.

Depois da Associação Nacional de Treinadores de Futebol e de Domingos Paciência se mostrarem contra a contratação de Silas, eis que o caso fica mais sério.

Esta quinta-feira, o Sporting recebe o LASK para a segunda jornada da fase de grupos da Liga Europa, mas Silas não pode fazer as conferências de imprensas, nem antes nem depois do jogo, por não estar devidamente habilitado.

A UEFA não permite que um treinador sem o nível UEFAPro (nível 4) fala à comunicação social em eventos oficiais do organismo.

Ou seja, esta quarta-feira, não será Silas a fazer a antevisão ao encontro, mas sim Emanuel Ferro - treinador-adjunto devidamente habilitado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.