O treinador do Bayer Leverkusen, Peter Bosz, fez, esta tarde, a antevisão do jogo com o FC Porto, da segunda-mão dos 16 avos de final da Liga Europa. Os alemães venceram os 'dragões' por 2-1 na primeira-mão, em casa.

Estratégia para o jogo: "A nossa estratégia vai ser voltar a ganhar. Não quero saber da posse de bola... Temos 60 ou 70 na Bundesliga, mas o que interessa é o que se faz com a posse. Queremos atacar, ganhar o jogo."

Confiança com a vantagem na 1.ª mão: "A equipa está entusiasmada. Precisamos de alguma tensão, normal. Tivermos um bom resultado na primeira mão, estamos confiantes."

Treinaram os penaltis? "Treinamos penaltis todas as semanas, mesmo quando não há jogos da Liga Europa."

Integração de Tapsoba: "Não é fácil quando se é novo entrar a meio da época, não é fácil integrar-se bem e ele fê-lo de forma excelente e foi mais rápido do que estávamos à espera. Foi muito bom e se estiver em condições vai jogar."

O que espera do FC Porto? "Estamos a jogar contra uma equipa que tem de ganhar. Vão ter de atacar, se vão atacar de início, não sei. Pode ser que pressionem desde o início, ou podem guardar-se mais para o final. Não sei. Mas estaremos preparados e iremos jogar o nosso jogo."

Equipa semVolland e Alario: "É uma pena. É terrível não poderem estar cá. Enquanto treinador só me concentro com aqueles com que posso contar."

O FC Porto - Bayer Leverkusen está marcado para às 17h55 desta quinta-feira, no Estádio do Dragão.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.