Thiago Silva deixou França para rumar ao Brasil - tal como fez o colega e compatriota Neymar - após o presidente de França, Emmanuel Macron, ter endurecido as medidas para combater a propagação do novo coronavírus em França.

"Cheguei ao Brasil na quarta-feira e a viagem foi tranquila. Aqui, no Rio de Janeiro, estou em quarentena. A situação não é fácil, mas o ser humano tem uma capacidade incrível de adaptação", afirmou o defesa-central em declarações à cadeia de televisão brasileira SportTV.

Thiago Silva, contudo, reconheceu não estar a encarar toda esta situação de ânimo leve. "Não estou de férias. É um momento de reflexão. Estamos todos com medo do que está a acontecer", disse.

Quem não viu com bons olhos a partida imediata de Paris do internacional brasileiro foram os adeptos do PSG, que também não terão gostado das palavras da esposa do jogador. "Decidimos deixar Paris porque a situação era realmente triste. Apanhámos um voo para o Brasil porque não consegui encontrar comida no supermercado e aqui temos mais opções para aqui ficar com os nossos filhos, pois temos uma piscina", referiu Belle Silva.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.