Nicolas Anelka e Franck Ribéry faltaram à audiência da Comissão Disciplinar da Federação Francesa de Futebol (FFF) que procura o total esclarecimento dos escândalos que rodearam a participação dos 'bleus' no último Mundial.

Abidal, Evra e Toulalan já tinham sido ouvidos, bem como o ex-seleccionador Raymond Domenech e o ex-presidente da FFF, Jean Pierre Escalettes.

No limite, os jogadores incorrem em sanções que poderão ir até um ano, depois do motim verificado na África do Sul antes de um treino, dos insultos de Anelka a Domenech e da recusa de Abidal em jogar contra a selecção sul-africana na despedida dos 'bleus'.

Este caso já teve consequências na lista elaborada pelo novo seleccionador, Laurent Blanc, que 'apagou' os 23 mundialistas da convocatória. No entanto, o técnico já pediu celeridade na resolução deste processo, a fim de "recuperar a unidade o mais rapidamente possível".

A França inicia a sua caminhada para o Euro'2012 a 3 de Setembro, frente à Bielorrússia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.