O Toulouse, último classificado da Ligue 1 na altura em que o campeonato foi suspenso devido à pandemia da COVID-19, viu esta quinta-feira confirmada pela Liga Francesa de Futbol (LFF) a descida de escalão, depois de aquele organismo ter dado a temporada como encerrada e utilizado a classificação por altura da interrupção para determinar atribuição do título, lugares europeus, subidas e descidas de divisão.

Contudo, o clube já tinha avançado com a possibilidade de recorrer aos tribunais para impugnar tal decisão. "Qualquer decisão relativa às despromoções com base na classificação será injusta e desigual para o Toulouse e desprovida de qualquer fundamento legal", havia referido Olivier Sadran, presidente do clube.

Entrentato, também o Amiens, 19.º classificado da tabela, anunciou que está a preparar os procedimentos face à decisão tomada da descida de escalão. "Após o recente comunicado da LFP, o Amiens informa que publicará um comunicado o mais rapidamente possível para informar os seus apoiantes, parceiros e acionistas sobre os procedimentos atuais", escreveu o clube na sua conta oficial no Twitter.

O Amiens estava a quatro pontos do 18.º lugar, ocupado pelo Niems, primeira equipa acima da linha de água.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.