Raymond Domenech não escapou às inquirições da Federação Francesa de Futebol (FFF), que pretende ver esclarecidos os 'casos' ocorridos no último Campeonato do Mundo e também chamou a depor os jogadores Evra, Ribéry, Anelka, Abidal e Toulalan.

O polémico ex-seleccionador gaulês terá de prestar declarações a 17 de Agosto. "É bom que possamos tornar mais claros os acontecimentos com as pessoas que estiveram no Mundial", afirmou o assessor da FFF, Jean Lapeyre.

No entanto, as inquirições estão já a levantar polémica, com o Bayern Munique a recusar-se a libertar Franck Ribéry para prestar o seu depoimento na FFF a 17 de Agosto.

A prestação da França no Mundial 2010 ficou envolta em controvérsia, com Anelka a ser expulso da comitiva por uma discussão com Domenech e o grupo a manifestar-se contra essa decisão através da recusa a treinar. A selecção francesa, vice-campeã do Mundo em 2006, acabaria por dizer adeus ao Mundial da África do Sul logo na primeira fase.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.