Leonardo Jardim, treinador do Mónaco, admitiu que a pesada derrota sofrida diante do Paris Saint-Garmain (7-1) vai "deixar marcas".

"Na minha cabeça vai deixar marcas. É a minha maior derrota enquanto treinador", começou por afirmar o técnico português no final do jogo, que ditou a consagração do PSG como campeão francês.

"Foi um jogo muito mau, uma noite muito má, quase um pesadelo. Perdemos todos os duelos. É preciso preparar rapidamente o próximo jogo. A época não terminou, ainda temos de lutar pelo objetivo do segundo lugar", acrescentou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.