O Marselha vai disputar os próximos jogos em casa à porta fechada por deliberação da Liga Francesa de Futebol na sequência dos graves incidentes verificados no último jogo frente ao Lille.

O castigo ao Marselha foi anunciado esta segunda-feira pelo Comité de Disciplina da Liga Francesa de Futebol depois dos graves incidentes verificados este fim-de-semana na derrota com o Lille.

O Comité de Disciplina da Liga Francesa de Futebol anunciou também que todos os jogos agendados no Estádio Velodróme vão decorrer à porta fechada enquanto o processo disciplinar ao Marselha estiver a ser analisado.

Recorde-se que na passada sexta-feira o jogo entre Marselha e Lille ficou marcado por uma interrupção de 30 minutos na segunda parte devido ao arremesso de pirotécnia para o relvado e rebentamentos de 'petardos' nas bancadas dos adeptos mais radicais do Marselha.

O lançamento de tochas e de 'petardos' para o relvado chegou a colocar em risco os  jogadores do Marselha, Jordan Amavi e Kevin Strootman.

"Acertaram-me com um 'petardo' nas costas que depois caiu ao pé de mim e explodiu", afirmou Jordan Amavi no final do jogo.

O Marselha acabaria por perder com o Lille por 2-1 e acentuar a crise de resultados com apenas uma vitória em 11 jogos disputados. O clima entre adeptos e equipa está cada vez mais tenso uma vez que o Marselha já foi eliminado de todas as Taças e encontra-se atualmente em oitavo lugar da liga francesa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.