Há menos um português na Taça da Liga francesa. Esta noite, o Mónaco, treinado por Leonardo Jardim, eliminou o Marselha, orientado por André Villas-Boas, por 2-1, em jogo  dos 16 avos de final da Taça da Liga francesa, realizado no Estádio Louis II.

Jean-Kevin Augustin colocou os monegascos a vencer, aos 25 minutos. Ruben Aguilar fez o 2-0 aos 40 minutos, resultado com que se chegou ao intervalo.

No segundo tempo o Mónaco voltou a marcar, mas na baliza errada. Benjamin Lecomte fez autogolo aos 70 minutos e fez o único tento do Marselha, que assim fica pelo caminho.

Adrien Silva foi titular no Mónaco mas saiu aos 78 minutos, dando o seu lugar a Gil Dias.

A situação de André Villas-Boas no Marselha começa a ficar mais difícil, com muita contestação ao técnico português devido aos maus resultados.

Nas outras partidas, destaque para a goleada imposta pelo Nantes ao Paris FC, por oito golos sem resposta, com a formação orientada por Christian Gourcuff a chegar ao intervalo já com cinco golos de vantagem, três dos quais da autoria do nigeriano Moses Simon.

Menos folgadas foram as vitórias do Le Mans sobre o Nice (2-1), do Amiens sobre o Angers (3-2), do Brest sobre o Metz (1-2, nos penáltis, após igualdade a uma bola no final do tempo regulamentar), do Montpellier sobre o Nancy (3-2), do Toulouse sobre o Niort (2-1), e do Reims sobre o Bourg Peronnas (2-1).

*Artigo atualizado

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.