Nasser Al-Khelaifi, presidente do Paris Saint-Germain, desvalorizou a investigação que a UEFA abriu aos parisienses propósito do fair-play financeiro. Durante a apresentação oficial de Kylian Mbappé, o dirigente disse que o PSG não tem nada a esconder.

"Não temos nada a esconder. Temos muita confiança na nossa posição e nas nossas contratações. A UEFA pode fazer o que quiser, mas fizemos tudo de uma maneira transparente. Não temos nada a esconder, não temos necessidade de esconder coisas", disse.

"Respeitamos todos os regulamentos da UEFA e da FIFA. Se há outros clubes que não estão contentes, não é problema nosso. O meu interesse é alcançar os nossos objetivos", acrescentou.

Recorde-se que a UEFA abriu uma investigação ao PSG depois das contratações de Neymar, por 222 milhões de euros, e Mbappé, num empréstimo com obrigação de compra de 180 milhões.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.