O Paris Saint-Germain (PSG) renovou hoje a confiança no diretor desportivo, Leonardo, criticando a sentença dada ao brasileiro pela comissão de recurso da Federação Francesa de Futebol.

«O Paris Saint-Germain deplora a severidade reforçada da sanção imposta pela comissão a Leonardo e renova a sua plena e inteira confiança», disse o clube parisiense em comunicado, depois de o diretor desportivo ter sido punido por empurrar empurrar um árbitro.

O PSG ainda não decidiu se recorrerá de novo da pena imposta.

O brasileiro foi suspenso no final de maio de todas as suas funções pela Comissão Disciplinar da Liga de Futebol Profissional, por empurrar o árbitro Alexandre Castro após o encontro do PSG com o Valenciennes, protestando contra a expulsão o defesa brasileiro Thiago Silva.

O diretor desportivo do clube francês negou a intencionalidade e afirmou que iria mostrar à Comissão Disciplinar as gravações internas do estádio, para provar que tinha sido empurrado primeiro.

O presidente da Comissão, Pascal Garbian, entendeu que as novas imagens não eram relevantes e que, por isso, a agressão era considerada «intencional». 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.