Paris Saint-Germain (PSG) apanhou, este sábado, um susto em Nimes, mas venceu a equipa local por 4-2, na quarta jornada da liga francesa de futebol, na qual o Nantes, de Miguel Cardoso, somou o primeiro triunfo.

O campeão francês parecia que ia ter uma tarde tranquila quando chegou ao intervalo a vencer por 2-0, com golos de Neymar, aos 36 minutos, e di Maria, aos 40.

Na segunda parte, entrou um pouco mais relaxado e, no espaço de oito minutos, viu a vantagem anulada com dois golos de Antonin Bobichon e de Teji Savanier, aos 63 e 71, o que obrigou às suas individualidades a ‘puxarem dos galões’ para resolver o problema.

Só precisaram de seis minutos para desfazer a igualdade, aos 77, por Kylian Mbappé, com o internacional Edinson Cavani a confirmar o triunfo aos 90+1.

No entanto, o jogo ainda ficaria marcado pela expulsão de Mbappé, que viu cartão vermelho direto por tentar tirar desforço de uma entrada violenta de Tej Savanier, que também foi expulso, aos 90+3.

De destacar a primeira vitória do Nantes, orientado pelo treinador português Miguel Cardoso, ex-Rio Ave, que vinha de um empate e duas derrotas nas primeiras três jornadas, na visita ao terreno do Estrasburgo, que não conseguiu evitar a derrota por 3-2.

De destacar ainda a derrota do Lille, que vinha de duas vitórias e um empate, no terreno do Angers por 1-0, com o internacional português José Fonte no eixo da defesa e o seu compatriota Xeka no meio-campo, com ambos a alinharem durante os 90 minutos. O central luso Edgar Ié não chegou a sair do banco do Lille.

De resto, o Angers foi a exceção nas vitórias forasteiras, já que o Caen protagonizou uma surpresa ao vencer no terreno do Dijon por 2-0, enquanto o Montpellier foi a Reims impor-se por 1-0, com o central português Pedro Mendes, recentemente chamado pela primeira vez à seleção principal por Fernando Santos para os jogos com a Croácia, particular, e Itália, para a Liga das Nações, a alinhar os 90 minutos no eixo de uma defesa com três centrais.

Finalmente, o Toulouse deslocou-se ao terreno do Guingamp, pelo qual alinhou o lateral-esquerdo português Pedro Rebocho durante 90 minutos, e venceu por 2-1.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.