A campeã europeia Espanha entra no Mundial de futebol de 2010 apenas à espera de ver quem a acompanha nos oitavos de final, adivinhando-se grande equilíbrio entre Chile, Suíça e Honduras pelo segundo posto no Grupo H.

Cem por cento vitorioso no apuramento, o conjunto de Vicente del Bosque mantém as qualidades que o levaram ao título europeu em 2008, ganhando agora, inclusivamente, mais opções.

Fernando Torres, David Villa, Cesc Fabregas, Xavi, Iniesta, Casillas, Xabi Alonso, Silva, Sérgio Ramos, Puyol ou Piqué são apenas alguns dos futebolistas que formam uma das mais compactas e competitivas equipas da história do futebol europeu.

Futebolistas dotados, um treinador experiente e ambicioso e a habitual raça fazem da Espanha uma equipa forte em todos os aspectos de jogo, pelo que tem possibilidades únicas de conquistar o troféu que persegue pela 13.ª vez - nunca foi além do quarto lugar, em 1950.

O Chile não terá qualidade para repetir o terceiro lugar de 1962, mas apresenta uma equipa com legitima ambição a passar a fase de grupos, disso sendo prova o segundo lugar no grupo da América do Sul, juntamente com o Paraguai e a apenas um ponto do Brasil.

Bielsa tem ao dispor vários atletas com experiencia europeia, incluindo o sportinguista Matias Fernández e o ex-leão Rodrigo Tello, e mistura a juventude de uns com a experiência de outros, com destaque para o avançado Humberto Suazo, autor de 10 golos na qualificação.

A Suíça fala claramente outra "língua", apresentando um futebol mais geométrico e pragmático, à imagem do seu seleccionador, o alemão Ottmar Hitzfeld.

No Alemanha2006, os helvéticos foram afastados nos oitavos de final sem ter sofrido qualquer golo (ganharam o grupo à França e foram afastados pela Ucrânia no desempate por penaltis) e agora a ideia é manter a solidez, mas subir um patamar na classificação final.

Aparentemente "outsiders" do grupo, as Honduras partem para a segunda aventura em mundiais (em 1982 empataram dois jogos e perderam um) com uma equipa solidificada pela experiência de vários atletas no futebol europeu, nomeadamente o inglês.

O avançado ex-benfiquista David Suazo é o atleta mais conhecido dos portugueses, um dos trunfos à disposição de Reinaldo Rueda, que tem a favor a ausência da pressão do favoritismo.

Calendário do Grupo H:
- 1.ª jornada:
Honduras - Chile, 16 Junho (13:30), Nelspruit.
Espanha - Suíça, 16 Junho (16:00), Durban.
- 2.ª jornada:
Chile - Suíça, 21 Junho (16:00), Nelson Mandela Bay/Port Elizabeth.
Espanha - Honduras, 21 Junho (20:30), Joanesburgo.
- 3.ª jornada:
Chile - Espanha, 25 Junho (20:30), Tshwane/Pretória.
Suíça - Honduras, 25 Junho (20:30), Mangaung/Bloemfontein.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.