A FIFA rejeitou hoje todas as perguntas relativas à arbitragem na conferência de imprensa diária, após dois erros amplamente divulgados nas televisões de todo o Mundo, verificados nos jogos de domingo dos oitavos de final do Mundial de futebol.

“Nós não vamos abrir o debate sobre a arbitragem na conferência de imprensa diária”, disse Nicolas Maingot, porta-voz da FIFA, no início do encontro com os jornalistas, fugindo às questões dos jornalistas sobre os erros verificados no Alemanha-Inglaterra e no Argentina-México.

No domingo, a arbitragem do Mundial ficou manchada com dois erros claros de arbitragem, quando foi mal invalidado um golo à Inglaterra, que iria empatar a partida a 2-2, acabando por perder por 4-1, enquanto, horas mais tarde, a Argentina viu validado o seu primeiro golo na vitória (3-1) sobre o México, num lance em claro fora-de-jogo.

Questionado diversas vezes sobre os “erros dos árbitros”, o “não recurso ao vídeo” ou “a vergonha que a FIFA devia sentir”, o porta-voz afiançou que o assunto não ia ser mencionado.

Nicolas Maingot disse que a recusa por parte da FIFA em usar o vídeo para ajudar nas arbitragens tinha a ver com a posição do International Board, o organismo que define as leis do jogo.

No entanto, o porta-voz condenou a repetição das imagens nas telas gigantes do estádio Soccer City do primeiro golo da Argentina, marcado por Tevez em fora-de-jogo.

“Isso não devia ter acontecido”, explicou.

O golo injustamente negado ao inglês Frank Lampard e o tento irregular validado à Argentina no encontro com o México, reacenderam o debate sobre a utilização do vídeo como auxiliar nas arbitragens, à qual se opõem a FIFA e o International Board.

O árbitro uruguaio Jorge Larrionda não validou o golo de Lampard contra a Alemanha, quando as repetições das imagens televisivas mostram claramente que a bola cruzou a linha de golo, aos 38 minutos.

Larrionda foi também alvo de reparos por parte da selecção portuguesa, dado que foi o árbitro que mostrou um cartão amarelo “forçado” a Cristiano Ronaldo no jogo de estreia de Portugal no Mundial2010 frente à Costa do Marfim, empate 0-0.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.