O selecionador de futebol do Azerbaijão, o alemão Berti Vogts, considerou este domingo que Portugal é «uma das melhores equipas do Mundo» e revelou pouca esperança num resultado positivo, na terça-feira, frente à equipa lusa.

«Portugal era a única equipa capaz de ganhar à Espanha, no último Europeu», afirmou o técnico germânico ao serviço do combinado azeri, na conferência de imprensa de antevisão ao encontro entre as duas equipas, marcado para o Estádio Municipal de Braga (20h15), da segunda jornada do Grupo F de apuramento para o Mundial2014.

Dado o mote, Berti Vogts disse esperar um jogo «muito difícil», admitindo que «servirá para a equipa ganhar experiência», pois o grande objetivo do Azerbaijão «é o Europeu2016».

Estratégia para retirar pressão, ou não, aos seus jogadores, o alemão insistiu na “tecla” da experiência a adquirir pela seleção azeri, chegando mesmo a dizer aos jornalistas do seu país que os «jovens jogadores do Azerbaijão deviam trabalhar como o Ronaldo e o Nani», quando lhes devolveu uma pergunta: «Alguma vez viram os nossos a treinar sozinhos após o treino conjunto?».

Porém, assegurou que «os jogadores azeris lutarão com todas as suas forças e só no fim se saberá qual é o resultado».

Berti Vogts adiantou a probabilidade de mexer no “onze” que, na sexta-feira, recebeu e empatou com Israel (1-1), não só pela lesão de Mahir Shukurov e pela gripe de Vagif Javadov, mas sobretudo porque “houve jogadores que não assimilaram o que lhes foi pedido nesse jogo”.

A seleção do Azerbaijão treina hoje de tarde no Estádio Municipal de Braga e na segunda-feira no Estádio do Padroense, em Matosinhos, fazendo uma derradeira sessão de trabalho na manhã do dia do jogo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.