A seleção de futebol de Cabo Verde iniciou esta segunda-feira os treinos de preparação para o jogo de sábado com o Senegal contando com 14 jogadores, tendo como baixas Platini, por lesão, e Nuno Joia, por razões pessoais.

Platini, que fez um golo na última partida dos romenos do CSM Politehnica Iasi, sábado, a contar para o campeonato romeno, ressentiu-se de uma lesão na perna esquerda e terá duas semanas de paragem, razão pela qual vai falhar esta partida com o Senegal.

Uma nota de imprensa refere que o selecionar nacional, Lúcio Antunes, não prevê convocar qualquer atleta para colmatar estas ausências, mas para o treino de segunda-feira, conotou com quatro jogadores residentes.

Para completar o grupo, chegaram a noite Heldon, convocado à última hora, Ricardo Gomes, Wuilito, Kevin Oliveira, Danilson, Marco Soares e Vozinha.

Esta partida conta para a quinta jornada do Grupo D, que Cabo Verde lidera juntamente com Burkina Faso, ambos com seis pontos, seguido do Senegal, com cinco pontos e da África do Sul, com apenas um ponto.

A chegada da seleção do Senegal a Cabo Verde está marcada para 05 de outubro e o jogo para o dia 07, às 16:30, no Estádio Nacional, na Cidade da Praia.

O Senegal deve jogar três jogos, com a decisão da FIFA de mandar repetir o jogo África do Sul – Senegal, confirmado para 08 ou 09 de setembro.

O egípcio Grisha Ghead foi escolhido pela FIFA para dirigir o Cabo Verde – Senegal e será assistido por Redouane Achik, de Marrocos, e Waleed Ahmed Ali, do Sudão.

O papel do quarto árbitro estará reservado também egípcio Mohamed Maarouf Eid Mansour, ao passo que Jean Claude Labrosse das ilhas Seicheles foi designado para as funções de árbitro assessor, sendo Malek Ali, de Argélia, o comissário do jogo.

No outro jogo deste grupo a África do Sul recebe o Burquina Faso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.