O 'Globo Esporte' publicou esta quinta-feira uma entrevista a Dani Alves, jogador do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira. O lateral-direito da prestação da 'canarinha' no Campeonato do Mundo na Rússia, que considera ter sido "surpreendente", pela negativa, visto que a equipa estava "bem encaminhada" antes do arranque da competição.

Mas o destaque de toda a entrevista vai para uma revelação do jogador: após o final do Mundial 2018, Dani Alves teve uma conversa com Neymar, colega de equipa e de seleção, sobre a atitude do avançado de 26 anos.

"Algumas coisas acontecem na nossa vida para criarmos maturidade e consciência de que temos que melhorar como pessoa, como profissional. Quando as coisas não estão perfeitas é quando temos que dar um passo em frente, melhorar e reinventarmo-nos. Eu conversei bastante com o Neymar sobre esse assunto e acredito que ele está mais consciente e mais experiente", começou por contar o lateral-direito do Paris Saint-Germain.

"Quando começas a ser homem, as decisões e atitudes são mais ponderadas e fortes. Não tenho dúvida que isso vai acontecer. Digo sempre que, se um fala ou dois falam pode ser perseguição. Mas, se uma multidão fala, então estás a fazer alguma coisa errada. É hora de se reinventar e polir, melhorar", acrescenta ainda Dani Alves.

Neymar foi muito criticado durante a participação do Brasil no Mundial por supostamente fingir faltas e reclamar demasiado durante os jogos. Dani Alves falhou o Campeonato do Mundo devido a uma lesão no joelho direito contraída na final da Taça de França.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.