"Lembro-me do tempo em que jogávamos sempre bem e perdíamos sempre mal. Prefiro ganhar como hoje do que perder como dantes. Vamos Portugal!!!", escreveu o avançado português Rony Lopes no Twitter, logo após a vitória de Portugal diante de Marrocos.

“Faço das palavras do Rony Lopes as minhas palavras. É preciso tocar o violino mas também é preciso tocar o bombo”, disse, esta quinta-feira, Fernando Santos em conversa com os jornalistas portugueses em Kratovo, na Rússia.

Após o empate com Espanha (3-3) e a vitória sobre Marrocos (1-0), Portugal lidera o grupo em igualdade com a seleção espanhola, com quatro pontos, enquanto o Irão, comando por Carlos Queiroz e próximo adversário da equipa lusa, é o terceiro classificado, com três pontos.

"Todos os jogadores acusam a presença no Mundial. Só olhamos para Portugal, mas Espanha também sentiu dificuldades, um jogo muito difícil, a Argentina sentiu esses problemas... Estamos pouco habituados. Em 16 jogos, só quatro tiveram resultados acima dos dois golos de diferença. Esta primeira fase é o momento de maior pressão, a partir da fase de grupos só se pensa no presente. Agora não, pensa-se sempre um bocadinho à frente", referiu.

"Assinava já qualquer resultado de 1-0", rematou.

O jogo contra o Irão, que se estreou com uma vitória sobre a seleção marroquina e perdeu na quarta-feira com a Espanha (1-0), disputa-se na segunda-feira, na Arena Mordóvia, em Saransk, a partir das 21:00 (19:00 em Lisboa).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.